Orçamento terá corte de R$20 bi para compensar CPMF, diz Mantega

O Orçamento da União sofrerá um cortede 20 bilhões de reais para compensar perdas com a CPMF,informou nesta terça-feira o ministro da Fazenda, GuidoMantega. Ele afirmou ainda que o decreto com a programaçãoorçamentária será divulgado nos próximos dias. "Agora que o Orçamento foi sancionado, pretendemos fazer umcorte de 20 bilhões de reais, cumprindo aquilo que já tínhamosnos comprometido, fazendo uma redução para compensar a perdacom o fim da CPMF", disse Mantega, de acordo com a AgênciaBrasil, órgão do governo federal. A declaração foi feita durante a primeira reunião do ano doConselho de Desenvolvimento Econômico e Social, no Palácio doPlanalto. O fim da CPMF determinado pelo Senado em dezembrosignificou, segundo o governo, 40 bilhões de reais a menos emarrecadação. Parte foi compensada pelo aumento da ContribuiçãoSocial sobre o Lucro Líquido (CSLL) e pelo Imposto sobreOperações Financeiras (IOF). O Orçamento deste ano, aprovado pelo Congresso em março erecém-sancionado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva,prevê despesas de cerca de 1,40 bilhão de reais. O ministro afirmou que a prioridade do governo são oscortes nos gastos correntes (custeio da máquina pública) e apolítica industrial.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.