Oposição volta a falar em CPI

Os partidos de oposição reagiram aos novos fatos trazidos pela reportagem. O PSOL, que em 19 de fevereiro convocou entrevista coletiva para denunciar a existência de provas da prática de caixa dois na campanha de Yeda Crusius, postou nota no site da deputada federal Luciana Genro (PSOL-RS). Ela e outros líderes do partido se manifestarão sobre o caso em nova entrevista marcada para amanhã. A deputada estadual Stela Farias (PT) declarou que "os elementos apresentados reforçam a necessidade de instalação de Comissão Parlamentar de Inquérito na Assembleia Legislativa para investigar o caso".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.