Oposição tenta definir substitutos de Jader

Os líderes dos partidos de oposição vão se reunir nesta tarde para tentar convocar para amanhã a Comissão Representativa do Congresso Nacional, que funciona durante o recesso parlamentar. O objetivo é decidir sobre os requerimentos que tratam da situação do senador Jader Barbalho, acusado de envolvimento em casos de corrupção. Na reunião da comissão representativa os paramentares querem que o deputado Nilton Capixaba (PTB-RO), que é o primeiro vice-presidente da Comissão assuma a presidência no lugar do senador Jader Barbalho, que se licenciou da presidência do Senado e automaticamente da presidência da comissão representativa. "Se definir a minha situação eu convoco para amanhã a reunião da comissão representativa" disse Capixaba.Durante o período de licença de Jader Barbalho, os parlamentares da oposição querem que a presidência do Congresso seja ocupada pelo deputado Efraim Morais (PFL-PB), por ser o primeiro vice-presidente da Mesa. A interpretação é de que com o afastamento temporário de Barbalho, as sessões conjuntas devem ser presididas pelo deputado Efraim, que assumiria automaticamente a presidência do Congresso. Mas a assessoria da secretaria-geral do Senado entende que como o senador Edison Lobão (PFL-MA) está substituindo Jader Barbalho na presidência daquela Casa, ele assumirá também o comando do Congresso Nacional. A discussão regimental dessa polôlêmica deverá ocorrer hoje à tarde, na reunião que está sendo articulada pelos líderes dos partidos de oposição. O líder do PT, Walter Pinheiro, garante ter um documento assinado pelos líderes de oposição e do PFL dando ao deputado Efraim Morais a prerrogativa de assumir a presidência do Congresso.DenúnciasTambém nesta tarde, o líder do PPS, senador Paulo Hartung, e o senador Eduardo Suplicy (PT-SP) protocolam na Mesa do Senado denúncia pedindo que o Conselho de Ética apure novas denúncias divulgadas neste final de semana pela imprensa ouvindo o senador Jader Barbalho e realizando as diligências necessárias. Entre as denúncias estão as matérias publicadas nos jornais O Estado de S. Paulo (PF tem nova prova que compromete Jader) e na Folha de S. Paulo (Jader mentiu ao Senado sobre terras) e nas revistas Veja (Jader cai mas a mentira fica ) e Isto É (Jader quer US$ 5 milhões).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.