Oposição pode entrar com recurso em conselho

A senadora Heloísa Helena (PT-AL) informou há pouco que a oposição entrará com um recurso no Conselho de Ética e Decoro Parlamentar do Senado, caso o senador Gilberto Mestrinho (PMDB-AM), presidente do colegiado, se recuse a abrir investigações para apurar denúncias de irregularidades que teriam sido praticadas pelo presidente licenciado do Congresso, senador Jader Barbalho (PMDB-PA). A senadora, que está em Pelotas (RS), deu tal informação por telefone. Amanhã, a oposição entrará com uma nova denúncia à Mesa Diretora do Senado, pedindo que o Conselho de Ética e Decoro Parlamentar da Casa investigue as acusações feitas pela revista IstoÉ, segundo as quais, o ex-presidente do Senado teria beneficiado-se com recursos da Superintendência de Desenvolvimento da Amazônia (Sudam) em 1988, na época em que o deputado Mário Frota era coordenador do órgão no Pará.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.