Oposição pede a Temer que atue no impasse sobre financiamento empresarial de campanha

Deputados do PSDB, DEM, PPS e Solidariedade querem acelerar tramitação da Proposta de Emenda à Constituição que permite a doação de pessoas jurídicas

Isadora Peron, O Estado de S. Paulo

30 de setembro de 2015 | 13h14

Brasília - Líderes da oposição na Câmara pediram ao vice-presidente Michel Temer nesta quarta-feira, 30, que atue para resolver o impasse sobre o financiamento empresarial de campanhas no Congresso. 

Deputados do PSDB, DEM, PPS e Solidariedade pediram ao vice, que é presidente nacional do PMDB, Para que tentasse convencer o presidente do Senado, Renan Calheiros ( PMDB-AL), a acelerar a tramitação da Proposta de Emenda à Constituição que permite a doação de empresas aprovada pela Câmara no mês passado. Em outra frente, também esperam que os vetos da presidente Dilma Rousseff a pontos do projeto de reforma política também possam ser apreciados nesta quarta.

Segundo o deputado Bruno Araújo (PSDB-PE), Temer telefonou para Renan e pediu para que ele recebesse o grupo de parlamentares para conversar sobre o assunto.

Para Araújo, a atual situação cria uma insegurança jurídica para as eleições municipais do ano que vem. Para ele, a PEC seria o caminho mais fácil para resolver o impasse. "Eu acho que a PEC dá uma solução definitiva, estabiliza o processo, chama o Supremo a ter que reavaliar a sua posição e isso dá estabilidade ao sistema", disse.

Tudo o que sabemos sobre:
Michel Temerfinanciamento empresarial

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.