Oposição liberou a traquinagem, diz dirigente do PT

O presidente do Diretório Municipal do PT em São Paulo, deputado estadual Ítalo Cardoso, disse hoje à Agência Estado considerar que a derrota da medida provisória (MP) dos Bingos não foi sofrida pelo governo, mas sim pelo País. "A oposição tem de se responsabilizar por ter liberado a traquinagem. A derrota não é do governo, é do País", comentou. Ontem, a Medida Provisória que proibia o funcionamento das casas de bingos, máquinas caça-níqueis e jogos, caiu. Ela foi barrada no Senado ao ser arquivada por 32 votos a 31. Cardoso será um dos principais coordenadores da campanha à reeleição da prefeita de São Paulo, Marta Suplicy (PT). Segundo ele, o partido pretende realizar sua convenção para oficializar a candidatura de Marta no dia 26 de junho.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.