Oposição entrega abaixo-assinado com 20 mil assinaturas

Líderes da oposição entregaram nesta quinta-feira ao presidente da Câmara, Arlindo Chinaglia (PT), cerca de 20 mil assinaturas recolhidas de apoio à instalação da CPI do Apagão Aéreo.Os líderes do Partido Democratas (DEM, antigo PFL), Onix Lorenzoni, do PSDB, Antonio Carlos Pannunzio, e do PPS, Fernando Coruja, relataram que a maior parte das assinaturas foi recolhida em cinco aeroportos do País durante dois fins de semana. Eles disseram que foram recolhidas outras 10 mil assinaturas, mas seus portadores não puderam trazê-las nesta tarde a Brasília por problemas com vôos causados pela crise no setor aéreo. A entrega das 20 mil assinaturas foi feita no plenário da Câmara, durante a sessão.Chinaglia já entregou as informações sobre as circunstâncias da não instalação da CPI ao Supremo Tribunal federal (STF). Após a oposição ter entrado com recuso, na tentativa de conseguir instalar a CPI para investigar o caos no setor aéreo que toma o País desde outubro do ano passado, o ministro Celso de Mello fez o pedido para a Câmara.Sem a presença da oposição no plenário da Câmara, no dia 8 de março, governistas aprovaram um requerimento que suspendeu a CPI até que a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) decidisse se ela poderia ou não ser criada. A oposição então entrou com pedido de mandado de segurança no STF e passou a obstruir as votações na Casa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.