Dida Sampaio/Estadão
Dida Sampaio/Estadão

Oposição entra com representação contra Lula na PGR

Líder do PPS diz que partido 'não dá ares de verdade' às declarações de Valério, mas pede que sejam investigadas

Débora Bergamasco, de O Estado de S. Paulo

06 de novembro de 2012 | 17h13

BRASÍLIA - Parlamentares da oposição protocolaram na tarde desta terça-feira, 6, na Procuradoria-Geral da República (PGR) uma representação para investigar suposto envolvimento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no esquema do mensalão. A iniciativa foi motivada por reportagens do Estado e da revista Veja, que nos últimos dias reproduziram informações do publicitário Marcos Valério nesse sentido.

O deputado federal Roberto Freire, presidente do PPS, que liderou o pedido de investigação, afirmou: "Não damos às declarações de Marcos Valério ares de verdade. Apenas pedimos que sejam investigadas. Não podemos desqualificar uma denúncia só porque quem a faz é um bandido". Também assinaram o documento os deputados Rubens Bueno (PPS-PR), Antonio Carlos Mendes Thame (PSDB-SP) e os senadores Alvaro Dias (PSDB-PR) e Aloysio Nunes Ferreira (PSDB-SP).

Tudo o que sabemos sobre:
mensalaoLulaPPSrepresentação

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.