Oposição e base fecham acordo para votar Orçamento nesta 4ª

Anexo de R$ 534 mi foi retirado do texto; valor será redistribuído entre as bancadas estaduais

Cida Fontes, de O Estado de S. Paulo

11 de março de 2008 | 16h47

Os líderes partidários fizeram um acordo para votar nesta quarta-feira, 12,  às 16 horas o Orçamento do País para 2008. Em reunião encerrada nesta tarde, os líderes acertaram a exclusão do texto do Orçamento do anexo de metas e prioridades. Os R$ 534 milhões que estavam previstos no anexo de metas e prioridades serão redistribuídos entre as bancadas estaduais, informou o senador Sérgio Guerra (PSDB-PE). Com a retirada do anexo, a oposição aceitou votar o Orçamento.   Veja também:     Para Lula, Congresso aprova Orçamento ainda esta semana  Bernardo diz que aprovação do Orçamento 'passou da hora' Governadores do PMDB resistem à reforma e preocupam Mantega       Nesta manhã, em reunião do Conselho Político de coalizão, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva fez um apelo aos líderes da base aliada para que o Orçamento da União fosse aprovado o mais rápido possível.

Tudo o que sabemos sobre:
Orçamento

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.