Oposição comemora suspensão da posse de Lula

Determinação ocorre no mesmo dia em que o ex-presidente foi empossado, no Palácio do Planalto, ministro da Casa Civil; 'é lamentável Lula ter assumido', disse deputado Samuel Moreira (PSDB-SP)

Daniel Carvalho, O Estado de S.Paulo

17 de março de 2016 | 12h03

Brasília - A oposição comemorou no plenário da Câmara a decisão do juiz Itagiba Catta Preta Neto, da Justiça Federal da 4ª Região, de suspender a posse do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva como ministro da Casa Civil do governo Dilma Rousseff. A decisão foi tomada nesta quinta-feira, 17, pouco depois de Lula tomar posse no Palácio do Planalto.

"É lamentável Lula ter assumido. Devemos respeitar a decisão da Justiça. O Lula não devia ter entrado. É correto que ele tenha que se afastar", disse o deputado Samuel Moreira (PSDB-SP).

Integrante do PRB, partido que ontem desembarcou da base governista, o deputado Beto Mansur (SP) disse que a decisão da Justiça mostra que as instituições do País estão funcionando. "O governo acabou fazendo essa maluquice. Graças a Deus tem juiz peitudo", afirmou Mansur.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.