Oposição ainda não venceu, lembra Roberto Freire

O presidente nacional do PPS, senador Roberto Freire, disse, esta manhã em Praia Grande, que ainda é cedo para a oposição se considerar vitoriosa nas eleições presidenciais do ano que vem. "O cenário ainda não está composto", comentou. Segundo ele, o governo FHC poderá recuperar parte de seu prestígio com a liberação dos recursos do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS), mas lembrou que, por outro lado, os efeitos do racionamento ainda não estão devidamente medidos. Um dos exemplos citados foi o recente lançamento do deputado Delfim Netto (PPB) como pré-candidato de seu partido à sucessão de Fernando Henrique Cardoso. "É um líder político que tem uma competência muito importante para discutir a questão econômica, que vai ter algo central no debate político". E concluiu: "Não será nada estranho se a vertente mais fisiológica da direita, que é o PFL e está ligado ao governo, fizer aliança com o PPB nesse sentido", disse.

Agencia Estado,

05 de julho de 2001 | 12h19

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.