Oportunamente, falarei sobre o assunto", diz Serra sobre candidatura

O prefeito de São Paulo, José Serra (PSDB), admitiu hoje que é legítima a preocupação da população da capital paulista em saber se ele vai continuar ou não no cargo. Como vem fazendo nas últimas semanas, Serra esquivou-se de responder diretamente, se vai disputar a Presidência da República ou a sucessão do governo de São Paulo pelo PSDB. "Não vou entrar nisso agora. Oportunamente, falarei sobre o assunto", destacou.Mas, diante da insistência dos repórteres, com a indefinição interna no PSDB, o prefeito acabou admitindo que o tema pode causar preocupação à população. "Sem dúvida, é legítima", disse. E ironizou: "No momento, a minha preocupação é com a chuva, mas vocês (repórteres) não têm."IndíciosAs afirmações de Serra foram feitas no momento em que o PSDB caminha para a definição do candidato que irá disputar o Palácio do Planalto. Apesar da disputa que está sendo travada nos bastidores pelos simpatizantes da pré-candidatura do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, e de José Serra, os tucanos concordam que o anúncio, aguardado há dias, não deve passar deste fim de semana.Um desses indícios é a antecipação do retorno ao Brasil do governador de Minas Gerais, Aécio Neves (PSDB), que está chegando amanhã do Canadá e, com informações extra-oficiais, deverá permanecer em São Paulo até o final da semana.Serra fez as declarações na tarde de hoje, após inauguração do centro de regulação do projeto Mãe Paulistana no Hospital Municipal Maternidade-Escola Vila Nova Cachoeirinha, na zona norte da cidade. Além da inauguração, o prefeito anunciou a distribuição de enxovais de bebê para famílias carentes.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.