Operação tapa-buraco terá mais R$ 350 milhões

O Ministério dos Transportes deve receber ajuda para custear a operação tapa-buraco na malha rodoviária do País. Segundo informações da Agência Câmara, uma Medida Provisória (MP) que tramita na Câmara dos Deputados deverá abrir crédito extraordinário de R$ 350 milhões para o projeto.O programa de recuperação de estradas já conta com outros R$ 90 milhões previstos no Orçamento da União. Agora, com a ajuda prevista para reparos emergenciais numa extensão de 7.445 quilômetros, as obras iniciadas no dia 9 de janeiro deverão ser concluídas até o início de abril. O governo espera, com isso, recuperar um total de 25 mil quilômetros de rodovias estaduais e federais, ao longo dos próximos seis meses.Para o ministro do Planejamento, Paulo Bernardo (PT-PR), a MP foi necessária porque a situação nas estradas requer uma ação imediata do governo. "Recentes levantamentos do Departamento Nacional de Infra-Estrutura de Transportes (Dnit) apontam um estado de precariedade nas condições de pavimentação e sinalização das rodovias", disse o ministro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.