Onze sem-terra invadem fazenda no Paraná e agridem proprietários

Armado com facas, um grupo ligado ao Movimento dos Agricultores Sem-Terra (Mast) invadiu na semana passada uma fazenda localizada na cidade de Bandeirantes, no Norte do Paraná, a 420 quilômetros de Curitiba. O casal proprietário da fazenda foi surpreendido dentro de casa e ameaçado de morte durante as duas horas em que os sem-terra permaneceram no local. Segundo Rafaela Delgado, dona da fazenda, enquanto um dos invasores ameaçava cortar a garganta dela, os demais, entre eles mulheres, reviravam todos os cômodos, separando jóias eletroeletrônicos e dinheiro. O marido de Rafaela, Cláudio Delgado, foi amarrado com lençóis e agredido até desmaiar. A Polícia Militar foi acionada, localizou os sem-terra em um caminhão e deteve 11 pessoas, entre elas uma criança de 7 anos de idade, que foi encaminhada ao Conselho Tutelar.Na delegacia, alegaram que só invadiram a fazenda porque foram pressionados pelos líderes de outro acampamento. O objetivo, segundo os invasores, seria expulsar os donos e apressar a desapropriação da área, mas não souberam explicar por que roubaram jóias, aparelhos eletrônicos, dinheiro e agrediram o casal. Todos foram presos e foram autuados por porte ilegal de arma e roubo.

Agencia Estado,

15 de março de 2006 | 04h36

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.