ONU diz que há 40 milhões de soropositivos no mundo

A Organização das Nações Unidas (ONU) divulgou hoje os números da aids no mundo. Segundo a organização, nunca na história da epidemia a situação esteve tão grave como atualmente. Pelo menos 40 milhões de pessoas estão infectadas pelo vírus HIV e o número de casos volta a crescer nos países ricos, principalmente nos Estados Unidos e Europa. Segundo a ONU, as campanhas de prevenção já não são feitas com a mesma intensidade do começo dos anos 90 e a geração que cresceu na década de 90 voltou a ter comportamentos sexuais de risco.Ainda não há dados concretos sobre o número de doentes na China, na Índia, na Rússia e nos países muçulmanos. Sobre o Brasil, a ONU prevê que o número de infectados chegará a 600 mil no final deste ano, o que representa um aumento de 40 mil pessoas em 2001. Mas o País continua sendo citado como exemplo de política de saúde neste campo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.