ONU: 'Crime atinge 70% em cidades da América Latina'

Taxa mundial de criminalidade subiu 30% nos últimos 20 anos, segundo estudo.

BBC Brasil, BBC

01 de outubro de 2007 | 15h40

Sete em cada dez moradores de cidades na América Latina já foram vítimas de crime, um patamar apenas semelhante ao da África, segundo um relatório da Organização das Nações Unidas (ONU) divulgado nesta segunda-feira.O documento, divulgado para marcar o Dia Mundial do Habitat, neste 1º de outubro, alerta para a expansão caótica das cidades, um fenômeno que anda de mãos dadas com a elevação das taxas de criminalidade em todos os países.Em 20 anos - entre 1980 e 2000 - as taxas de criminalidade aumentaram 30%, passando de 2.300 para 3.000 crimes para cada 100 mil habitantes, afirmou o relatório.Populações pobres que vivem em favelas são as mais afetadas pela insegurança, incluindo cerca de 100 mil crianças de rua vivendo em cidades em todo o planeta, alertou a ONU.No Brasil, onde mais de cem pessoas são vítimas de armas de fogo diariamente, Rio e São Paulo respondem por metade dos crimes em todo o país, e a mesma comparação vale para Caracas e Cidade do México.Tanto em países desenvolvidos como em desenvolvimento, pesquisas de opinião pública demonstram que mais da metade dos cidadãos se preocupa com a violência durante "todo o tempo" ou "muito freqüentemente", disse o estudo."A violência urbana e o crime estão aumentando em todo o mundo, causando medo generalizado e espantando os investimentos em diversas cidades", escreveu na introdução do relatório o secretário-geral da ONU, Ban Ki-Moon."Isto é especialmente verdadeiro na África, América Latina e Caribe, onde a violência de gangues está aumentando."Mas, disse Ban Ki-Moon, "a violência generalizada na periferia de Paris e em toda a França, assim como os atentados terroristas em Nova York, Madri e Londres, demonstra que as cidades nos países ricos também estão vulneráveis".O estudo destaca soluções possíveis para o problema da violência através do planejamento urbano cuidadoso e programas de segurança pública que envolvem a participação das comunidades.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.