ONGs criticam ação do governo na Amazônia

Nove ONGs e movimentos sociais com atuação na região amazônica, como WWF Brasil e Instituto Socioambiental, enviaram carta à Presidência e ao Ministério do Desenvolvimento Agrário questionando aspectos da regularização fundiária promovida pelo governo na região. Segundo o documento, a aceleração do processo, "sem maiores critérios, pode estimular novas ocupações de terras públicas, na medida em que cria a esperança de que novas exceções poderão ser criadas". Entre as sugestões estão "incorporar ao patrimônio da União e dar destinação às terras públicas devolutas, com prazo definido". ,

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.