OMS eleva previsão de mortes causadas por Sars

A Organização Mundial de Saúde (OMS) informou que elevou sua previsão de mortes em consequência da Síndrome Respiratória Aguda Severa (Sars) para uma média de 14% a 15%. Anteriormente, a média estimada estava entre 6% a 10%, apesar de, na mesma ocasião, já ter projetado a morte de 20% dos pacientes infectados em Hong Kong. A revisão é baseada em dados colhidos do Canadá, China, Hong Kong, Cingapura e Vietnã. O risco maior de morte está entre pessoas acima de 65 anos, que têm mais de 50% de chances de falecer por causa da doença. A OMS recomendou às pessoas que evitem viajar para Taipei, capital de Taiwan, e à província de Tianjin e à região central da Mongólia, na China.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.