Omar Aziz é alvo de ação por propaganda antecipada

A Procuradoria Regional Eleitoral no Amazonas apresentou hoje, no Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM), ação contra o governador Omar Aziz (PMN) por propaganda eleitoral antecipada. O processo se refere a uma propaganda institucional veiculada nos dias 1º e 2 de maio deste ano sobre o Centro de Atenção Integral à Criança (Caic).

LIEGE ALBUQUERQUE, Agência Estado

23 de junho de 2010 | 20h23

O vídeo intitulado "Caic Gilson Moreira", com duração de 30 segundos, divulga a reforma e ampliação do centro, além do funcionamento de mais 11 entidades no Amazonas. A propaganda, que custou mais de R$ 67 mil, ainda encerra com o slogan: "Com competência, o Amazonas segue em frente", entendido pela procuradoria como propaganda eleitoral antes do permitido por lei.

A assessoria do governo estadual afirmou que não vai comentar a ação. O governador também foi alvo de ação da procuradoria eleitoral no início do mês por suposta propaganda eleitoral antecipada em sacos de pão. Foram distribuídos 300 mil sacos de pão com impressos referentes a programas do governo estadual a 75 padarias de Manaus.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.