Óleo pode atingir praias se plataforma afundar

O coordenador regional do Ibama, Carlos Henrique Abreu Mendes, admitiu hoje que se a plataforma P-36 afundar, o óleo diesel armazenado no seu interior pode chegar às praias de Cabo São Tomé (Campos) e Cabo Frio, no norte fluminense. ?Se a Petrobrás não conseguir conter esse óleo, ele poderia chegar ao litoral levado pelas correntes em cerca de oito dias?, explicou.Há na plataforma 1,2 milhão de litros de óleo diesel e outros 300 mil litros de petróleo cru. Mendes afirmou, no entanto, que a Petrobrás está se mostrando preparada para enfrentar um eventual vazamento. ?O Ibama havia determinado que a Petrobrás tivesse equipamentos para coleta de 280 mil litros de óleo diesel por hora. A empresa já está com equipamentos no local para até 500 mil litros por hora?, explicou.Ainda de acordo com Mendes, o Ibama determinou à Petrobras que a quantidade de bóias de contenção seja elevada dos atuais 1,2 mil metros para 2,8 mil metros. O coordenador do Ibama explicou ainda que, se a plataforma afundar, não deve haver uma dispersão muito grande do óleo. ?O óleo diesel é muito leve e, portanto, deve subir para a superfície mais rápido do que as correntes marinhas terão velocidade para levá-lo para longe?. Mendes observa que também existe a possibilidade de o óleo ficar contido dentro da plataforma, caso afunde. ?Vai depender da pressão que o tanque tem capacidade de suportar?. Ele acrescentou que o plano de contingência da Petrobrás não prevê o caso de afundamento de uma plataforma. ?Nenhuma empresa de petróleo prevê isso em seu plano de contigência por ser uma situação rara. Mesmo na etapa três de um plano de contigência, que é o estado de calamidade, não contempla a possibilidade de ela afundar?. Mendes admite que o acidente com a P-36 pode levar a uma revisão deste conceito. Mesmo que consiga conter o óleo, a Petrobrás pode ser multada se houver um derramamento no mar. A pena máxima é de R$ 50 milhões, mas o valor pode ser superior por a empresa ser reincidente.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.