Oito vereadores são cassados e três absolvidos em SP

Foram divulgados hoje os nomes de oito vereadores cassados e três absolvidos na Câmara de São Paulo. O motivo da cassação é o recebimento de doações consideradas ilegais na campanha eleitoral de 2008 feitas pela Associação Imobiliária Brasileira (AIB) e por empresas e concessionárias de serviços públicos. Pelo mesmo motivo, foram cassados o prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab (DEM), a vice-prefeita, Alda Marco Antonio (PMDB).

FÁBIO LEITE, Agencia Estado

22 Fevereiro 2010 | 14h06

Antônio Donato (PT), Marco Aurélio Cunha (DEM), Ítalo Cardoso (PT), Arselino Tatto (PT), Juliana Cardoso (PT), Gilberto Natalini (PSDB), José Américo Ascêncio Dias (PT) e o líder do governo na Câmara, José Police Neto (PSDB) foram cassados. Já os vereadores João Antônio (PT), Milton Leite (DEM) e Mara Gabrilli (PSDB) foram absolvidos. O presidente da Câmara, Antônio Carlos Rodrigues (PR), ainda não foi julgado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.