Oito partidos deixam de prestar contas ao TSE

Dos 29 partidos políticos registrados no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) oito deixaram de apresentar até hoje os balanços contábeis referentes ao ano passado. O prazo legal para essa obrigação era o dia 30. Como a data caiu no último domingo, o prazo foi transferido para o primeiro dia útil, nos termos do artigo 32 da Lei 9.096/95 (Lei dos Partidos Políticos).Apesar da ampla divulgação do prazo para a prestação de contas, as agremiações PPS, PP, PV, PCB, PT do B, PMN, PCO e PTN deixaram de fazê-la. Com isso, estão sujeitas agora à suspensão do repasse das cotas do fundo partidário até que regularizem sua situação.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.