Oito MPs que trancam a pauta da Câmara podem ser votadas

Após aprovação na terça-feira da MP 316, que concederá reajuste de 5,01% aos aposentados e pensionistas do INSS que recebem acima de um salário mínimo, o Plenário da Câmara se reúne nesta terça-feira para tentar votar as outras oito MPs que trancam a pauta para outras votações prioritárias.A medida dos aposentados foi motivo de divergências entre governistas e oposicionistas, uma vez que a oposição queria o mesmo reajuste concedido ao salário mínimo, de 16,67%.Segundo informações da Agência Câmara, dentre as MPs que entravam as próximas votações estão a MP 317, relacionada à agricultura, a MP 320 sobre exploração de portos secos e outras três MPs relacionadas a créditos extraordinários.Após estas votações, poderão ser adiantadas na Câmara as aprovações da Lei Geral das Micro e Pequenas Empresas (Supersimples), a PEC (proposta de emenda constitucional) do voto aberto e a regulamentação do Fundeb.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.