Obras do PAC devem atender 1.377 aldeias

O Programa de Aceleração do Crescimento para Saneamento Básico foi apresentado ontem pelo presidente da Fundação Nacional de Saúde (Funasa), Danilo Basto Forte, a prefeitos e ao governador de Mato Grosso do Sul. Uma das metas é elevar o abastecimento de água para 90% num total de R$ 220 milhões, em 1.377 aldeias.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.