Obra pode fazer Lula morar fora do Planalto por dois anos

O Palácio do Planalto passará por reformas e o presidente Luiz Inácio Lula da Silva pode ter de mudar o endereço de onde fará seus despachos. O tempo previsto para as obras é de um a dois anos. O governo federal e o governo do Distrito Federal já formalizaram um acordo para que a Presidência da República possa utilizar o espaço do Palácio do Buriti. Porém, segundo altos funcionários do governo federal, ainda não está definido se o presidente instalará seu gabinete no Buriti ou em outro imóvel de Brasília, quando começarem as obras.Pelo entendimento, a sede do Executivo do DF estará disponível para a Presidência e parte da equipe de Luiz Inácio Lula da Silva a partir de abril, mas Lula continuará despachando no Planalto pelo menos até junho. Assessores do governo estudam a possibilidade de utilização de outros prédios na capital federal e fazem estudos comparativos entre esses imóveis e o Buriti.Atualmente, o Buriti não está sendo ocupado pelo governador do Distrito Federal, José Roberto Arruda, que instalou seu governo temporariamente em um prédio da cidade de Taguatinga, perto de Brasília. O presidente Lula, que costuma cumprir a maior parte de sua agenda no Planalto, despacha também na residência oficial do Palácio da Alvorada e eventualmente, na Granja do Torto.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.