Obama telefona para Dilma e agradece pela hospitalidade

Presidente norte-americano convida a presidente brasileira a uma visita aos Estados Unidos

Leonencio Nossa, da Agência Estado

25 de março de 2011 | 16h58

Em conversa nesta sexta-feira à tarde por telefone, o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, agradeceu a presidente Dilma Rousseff pela recepção oferecida em sua visita ao Brasil no último fim de semana. Obama disse que "a hospitalidade foi maravilhosa", segundo relatou o porta-voz do Planalto, Rodrigo Baena.

O presidente norte-americano convidou Dilma para ir aos Estados Unidos. Ela disse que terá prazer em realizar a visita, mas não fixou uma data. Na conversa, Dilma afirmou que a visita de Obama foi um marco na relação entre os dois países e que é preciso avançar em alguns temas. Questionado se Dilma e Obama tinham conversado sobre temas da política internacional, o porta-voz respondeu que o telefonema se limitou à avaliação da visita do presidente dos Estados Unidos ao Brasil.

Na noite da próxima segunda-feira, a presidente Dilma embarca para Portugal. Ela participará do evento no qual o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva receberá o título de "doutor honoris causa" da Universidade de Coimbra. Na terça-feira, Dilma irá de carro de Lisboa a Coimbra pela manhã (trajeto de cerca de 150 quilômetros) e à tarde visita a universidade.

Na quarta-feira, Dilma prestigia cerimônia de homenagem ao ex-presidente Lula e depois terá encontros em Lisboa. Uma das reuniões será com o presidente português Aníbal Cavaco Silva. Outro encontro agendado é com o primeiro-ministro José Sócrates, que renunciou na última quarta-feira, mas permanecerá no cargo interinamente até que ocorram novas eleições para o Parlamento.

Ainda na quarta-feira, Dilma participará de um jantar oferecido por Cavaco Silva no Palácio de Belém, na capital portuguesa. Depois ela retorna ao Brasil. As informações são do porta-voz do Planalto, Rodrigo Baena.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.