Felipe Dana/AP
Felipe Dana/AP

Obama chega à Cidade de Deus

Presidente americano surpreende ao entrar na comunidade carioca em carro sem vidro fumê; esquema de segurança envolve cerca de 300 homens

Pedro Dantas, Roberta Pennafort e Alessandra Saraiva

20 de março de 2011 | 11h30

 Rio - O presidente norte-americano Barack Obama e sua comitiva chegaram às 11h20 deste domingo, 20, à comunidade Cidade de Deus, zona oeste do Rio de Janeiro. Afastada a cerca de 50 metros do presidente, a população que aguardava a chegada de Obama comemorou a vinda do presidente, aos gritos de "Obama, Obama", em um clima alegre e festivo. O prefeito do Rio, Eduardo Paes, e o governador Sérgio Cabral acompanham a visita.

A chegada causou alvoroço entre as poucas pessoas que puderam assistir à passagem da comitiva norte-americana de um pequeno trecho da rua Israel, na comunidade. Para a surpresa de todos, Obama chegou em um carro sem vidro fumê e acenou para alguns moradores que o aplaudiam. "Ele me cumprimentou, foi olho no olho, aleluia" comemorou Miriam Maria Lino de Lima, de 43 anos, que desde cedo tinha esperança de ver o presidente. Alguns moradores chegaram a acompanhar a comitiva, e a caminhar ao lado do carro de Obama até a entrada da delegação na sede da  Fundação para a Criança e a Adolescência (Fia). Desde as 4 horas, a comunidade está sob forte esquema de segurança. Cerca de 300 homens, entre policiais militares, civis e atiradores de elite, estão posicionados nas ruas.

Veja também:

linkDilma cobra fim de barreiras comerciais

linkÍNTEGRA: leia o discurso de Dilma no Planalto

mais imagensVeja as fotos da visita de Obama

especialESPECIAL - O Tour político e turístico de Obama

O presidente deixou às 10h55 o Clube do Flamengo no Leblon, zona sul do Rio de Janeiro, de helicóptero em direção à favela Cidade de Deus, na zona oeste. O presidente, sua mulher Michelle, suas filhas Malia e Sasha, e o restante da comitiva chegaram em cinco veículos do hotel Marriot, em Copacabana, e rapidamente passaram aos quatro helicópteros que já estavam posicionados no campo do Flamengo. Quem recebeu Obama no gramado foi a presidente do clube, Patrícia Amorim.

Obama estava de blazer sem gravata e Michelle vestia uma roupa verde e amarela. Das janelas, moradores, vizinhos do clube observavam a movimentação desde cedo, munidos de binóculos. Dos helicópteros, Obama e família terão uma visão da parte mais bonita do Rio, como a Lagoa Rodrigo de Freitas e parte das praias da cidade.

O evento mais esperado deste domingo é o discurso no Theatro Municipal, previsto para as 14h. Na plateia, informou o governo do Estado, estarão presentes celebridades como o ex-jogador de futebol Pelé, os cantores Alcione, Martinho da Vila e Gilberto Gil, os atores Lázaro Ramos e Thaís Araújo, o presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) Ricardo Teixeira e o empresário Eike Batista. Telões serão instalados em frente ao teatro. Por meio deles, a população poderá acompanhar o discurso de Barack Obama em tempo real.

Corcovado. Após o adiamento da visita ao Cristo Redentor prevista para esta manhã, o Corcovado segue horário de visitação normal neste domingo. Segundo informações da Paróquia Cristo Redentor, turistas já visitam o local, cujo fechamento estava previsto para ocorrer em parte da manhã de hoje, tendo em vista a presença prevista de Obama no local.

De acordo com informações da Paróquia, apuradas junto ao consulado norte-americano,  a visita de Obama ao Cristo, acompanhado pela primeira-dama Michelle Obama e as filhas do casal presidencial, Malia e Sasha, deve ocorrer após o fechamento do ponto turístico, que encerra visitações às 18h. Mas o consulado ressalta que pode ocorrer alterações de última hora na agenda de Obama no Rio, para este domingo.

 

(Texto alterado às 11h50 para acréscimo de informações)

Mais conteúdo sobre:
obamariocidade de deus

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.