OAB quer interromper recesso de deputados no DF

A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), seção Distrito Federal, OAB/DF, entrou com um mandado de segurança no Tribunal de Justiça do DF (TJ-DF). A OAB pede uma liminar que obrigue a Câmara Legislativa a sair do recesso imediatamente, em convocação extraordinária, para que os deputados distritais analisem pedido de impeachment do governador José Roberto Arruda, assim como os processos contra os deputados acusados por quebra de decoro parlamentar.

RICARDO VALOTA, Agencia Estado

22 de dezembro de 2009 | 04h33

O mandado pede que tenha validade o primeiro requerimento feito à Câmara Legislativa, apreciado na noite da última sessão realizada pela Casa, em 15 de dezembro. Na ocasião, oito parlamentares apresentaram pedido de autoconvocação para a tramitação dos processos de impeachment.

Tudo o que sabemos sobre:
DFcorrupçãoOAB

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.