OAB e STJ mantêm impasse

Uma decisão de ontem da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) manteve o impasse entre a entidade e o Superior Tribunal de Justiça (STJ). O Conselho Federal da OAB vai insistir nos nomes indicados para uma vaga do STJ, aberta no ano passado com a aposentadoria do ministro Pádua Ribeiro.Os nomes, porém, já foram recusados uma vez pelo tribunal. E o presidente do STJ, Cesar Asfor Rocha, já avisou que não há condição de que sejam aprovados. Em conversa com o presidente da OAB, Cezar Britto, ele afirmou que os ministros não reavaliarão a lista. Assim, avisou Asfor Rocha, ou a OAB aceita um acordo, ou somente uma decisão judicial fará os ministros do STJ reverem sua posição. "Nós temos duas possibilidades: ou esse assunto termina no Supremo Tribunal Federal e o que decidir está decidido, ou então há uma composição, em que estão afastados esses dois limites de nós aprovarmos esses nomes e eles mudarem a lista", disse em entrevista ao Estado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.