OAB diz que Lula apoiará convocação de Constituinte após eleições

A Ordem dos Advogados do Brasil divulgou nesta quarta-feira, 2, nota informando que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva chancelará eventual pedido da entidade de encaminhar ao Congresso, após as eleições, proposta de convocação de uma Assembléia Nacional Constituinte. A nota afirma que a informação foi transmitida ao presidente da OAB, Roberto Busato, pelo ministro das Relações Institucionais, Tarso Genro. Roberto Busato repassará a posição de Lula aos integrantes do Conselho Federal da entidade na próxima reunião mensal, marcada para domingo, 7. A Assembléia Nacional Constituinte convocada para elaborar um texto que modificaria a Carta de 1988 seria "exclusiva", isto é, funcionaria em paralelo e independente do Congresso. O Palácio do Planalto não confirmou as informações da OAB.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.