OAB: Arruda esqueceu que estava fazendo a coisa errada

O presidente nacional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Rubens Approbato Machado, lamentou hoje, em nota, que o senador José Roberto Arruda (sem partido-DF) tenha renunciado apenas para preservar seus direitos políticos e se candidatar em 2002. Em nota divulgada por sua assessoria de comunicação, Approbato afirma: "Lamento apenas por Brasília, que não merece esse tipo de comportamento. O senador, em seu discurso, disse que foi vítima, porque estava no lugar errado na hora errada. Só esqueceu de dizer que estava fazendo a coisa errada. É lamentável que tenha agora de sair pelas portas dos fundos, porque certamente quer tentar novamente ser eleito em 2002. A população de Brasília precisa ficar atenta quanto a isso."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.