O ministro Paulo Renato Souza deixa o Incor

O ministro da Educação, Paulo Renato Souza, de 56 anos, recebeualta esta manhã do Instituto do Coração do Hospital das Clínicas, emSão Paulo, onde estava internado desde a manhã de ontem, para um exame de cateterismo cardíaco. Paulo Renato deixou o hospital por volta das 10h45, pela saída dos fundos, sem ser visto pelaimprensa. Segundo a assessoria do ministro, os exames transcorrerambem, mas a recomendação dos médicos é para que o paciente descanse.Assim, Paulo Renato não vai comparecer hoje à convenção estadual doPSDB em São Paulo. Seu próximo compromisso será na terça feira, quando vai apresentarem Brasília um balanço do programa Bolsa-Escola.O cateterismo a que foi submetido o ministro consiste na introduçãode um cateter na artéria, na região da virilha que permite um raio Xcapaz de verificar a existência de obstruções nas coronárias. Em l995,Paulo Renato foi submetido a uma cirurgia de revascularização domiocardio, com a implantação de três pontes de safena e duas mamárias.desde então, o ministro, que é assistido pelo cardiologistaWhady Hueb, realiza avaliações periódicas no Incor. Segundo informou o hospital, os exames feitos ontem indicaram normalidade naspontes implantadas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.