Número de novos casos de Sars bate recorde em Taiwan

Taiwan informou nesta quinta-feira a morte de mais três pessoas por causa da Síndrome Respiratória Aguda Severa (Sars, na sigla em inglês), a pneumonia asiática, e 26 novos casos, 15 deles médicos, subindo para 34 as vítimas e 264 infectados. Este é o maior número de novos casos registrados em um único dia na ilha, o quarto país mais infectado pela doença. Pelo menos 10 mil pessoas estão em quarentena em Taiwan.Em Pequim, o governo chinês divulgou a morte de mais quatro pessoas e 52 novos casos. Agora, a China, o país mais atingido pela pneumonia asiática, soma 271 mortos e 5.163 infectados. É o menor número de novos casos, pelo segundo dia consecutivo, apresentado no país desde abril. A China afirmou que pessoas que ?propagarem intencionalmente? a pneumonia asiática podem ser condenados à morte. Segundo o comunicado, penas duras como a prisão perpétua também serão aplicadas. Até mesmo cidadãos que difundirem rumores relacionados a epidemia serão punidos. Hong Kong, que está atrás da China no ranking da Sars, também noticiou a morte de sete pessoas e cinco novos infectados. Ao todo, Hong Kong tem 234 mortos e 1.703 pacientes com o vírus. As vítimas da Sars já são 602 e pelo menos 7.600 pessoas estão infectadas em mais de 31 países. Veja o índice de notícias sobre a pneumonia atípica

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.