Nuclebrás vai construir usinas nucleares na China, diz FT

O jornal Financial Times afirma hoje que "um dos beneficários do apetite chinês por novas usinas nucleares poderá ser o Brasil, que vai ajudar na contrução de 11 onze usinas nucleares e poderá fechar um acordo para vender urânio para a China. Segundo o diário britânico, a informação foi dada por uma porta-voz que acompanha a delegação do presidente Luiz Inácio Lula da Silva" em Xangai. O jornal afirma que a empresa estatal Nuclebrás Equipamentos Pesados participará dos projetos."No futuro, o acordo também poderia incluir a transferência da tecnologia de enriquecimento de urânio brasileiro para a China, mas um acordo comercial para vender urânio é o que os chineses querem que seja feito de imediato", disse a empresa, segundo o jornal. A China já produz eletricidade em nove reatores nucleares, enquanto outros dois estão sendo construídos na província de Jiangsu.Um recente relatório governamental prevê que a China vai elevar em seis vezes sua capacidade de energia nuclear até 2020. Para isso, serão necessários investimentos de mais de US$ 30 bilhões.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.