Novos ministros são convidados ao trabalho por Dilma

Ao empossar novos ministros na manhã de hoje, a presidente da República Dilma Rousseff fez um convite "ao trabalho" para Antônio Andrade (PMDB), Manoel Dias (PDT) e Wellington Moreira Franco (PMDB) e defendeu a meritocracia para a ocupação dos cargos. Eles vão responder, nesta ordem, pelos ministérios da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, do Trabalho e Emprego e pela Secretaria de Aviação Civil (SAC). De acordo com ela, são grandes os desafios que existem pela frente, mas os mesmos só podem ser "vencidos juntos".

Agência Estado

16 de março de 2013 | 12h09

Não é possível dirigir um país, conforme Dilma, sem uma visão de compartilhamento e de coalizão. Ela desejou sucesso aos novos ministros e ressaltou a obrigação sua e dos parlamentares de transformar o Brasil em um país mais justo e igual. "Desejo muito trabalho e muito boa sorte aos novos ministros", disse ela, em seu discurso, durante a cerimônia de posse realizada nesta manhã.

A presidente também agradeceu a ajuda dos ex-ministros da Agricultura, deputado Mendes Ribeiro, do Trabalho, deputado Brizola Neto, e da Secretaria de Aviação Civil, Wagner Bittencourt. "Agradeço às pessoas que compartilharam esse processo comigo e que agora se separam de nós, mas não da nossa trajetória de luta", disse a presidente.

Durante os agradecimentos, Dilma falou sobre o trabalho feito por cada parlamentar e ressaltou que hoje a Secretaria de Aviação Civil está estruturada e que é necessário recuperar cerca de 280 aeroportos brasileiros. Ela disse que Bittencourt retornará ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), no qual é técnico de carreira, para assumir a vice-presidência.

Ela também disse que seu governo está comprometido com a agricultura comercial do Brasil, citando a importância do setor agropecuário. "Por isso, precisamos de apoio e incentivo de todas as linhas de financiamento do governo para garantir não só exportação, mas qualidade de alimentação do nosso povo", afirmou Dilma. (Equipe AE)

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.