Reprodução
Reprodução

Novo visual de Lula provoca manifestações de carinho no Brasil e no mundo

Berzoini, ex-presidente do PT, foi acusado de uso político por usuária do Twitter por citar 2012 em sua mensagem

Bruno Boghossian, do estadão.com.br

16 de novembro de 2011 | 21h04

Sensibilizados pela divulgação da imagem de Luiz Inácio Lula da Silva sem cabelo e barba, admiradores e companheiros de partido divulgaram novas mensagens de apoio pela internet ao ex-presidente, que faz tratamento quimioterápico contra um câncer de laringe. Pelo Twitter, o deputado federal e ex-presidente do PT Ricardo Berzoini (@ricardoberzoini) afirmou que Lula "fez barba e cabelo, e o bigode será em 2012, na eleição municipal".

 

Horas depois, Berzoini chegou a discutir, pelo Twitter, com uma usuária que o acusou de "usar a doença (de Lula) com fins políticos". Ao estadão.com.br, ele esclareceu que usou o ditado "barba, cabelo e bigode" como parte de "uma brincadeira típica de redes sociais".

 

"É uma frase bem-humorada de superação e enfrentamento de uma adversidade", disse o deputado, que confirmou que Lula deve apoiar o partido nas disputas pelas prefeituras no ano que vem. "Ele está bem disposto e, se estiver bem, vai participar da campanha."

 

Também escreveram mensagens de apoio o ministro da Pesca, Luiz Sérgio (@depluizsergio) e o atual presidente nacional do PT, Rui Falcão (@rfalcao13). "Força, companheiro Lula e Marisa!", escreveu Falcão.

 

Repercussão internacional. A cena fotografada por Ricardo Stuckert - que acompanhou Lula desde o início de seu governo, em 2003 - foi reproduzida por agências de notícias internacionais e sites de grandes jornais do mundo. A imagem foi publicada no topo da página principal do espanhol El País (elpais.com), que relatou que o ex-presidente apareceu "calvo e sem barba, mas com bigode e sorridente".

 

O argentino La Nación (lanacion.com.ar) também estampou a foto de Lula em sua página principal, lembrando que sua barba chegou a ser um símbolo e objeto de provocações na campanha presidencial de 1989. Mais de 50 leitores do jornal publicaram mensagens de apoio ao ex-presidente na página.

 

O Clarin (clarin.com), também da Argentina, relata que a ex-primeira-dama Marisa Letícia raspou a barba com paciência e ternura, dando a Lula "uma aparência completamente diferente". O francês Le Figaro (lefigaro.fr) reproduziu informações da agência France-Presse, avaliando que "o resultado é uma mudança radical da imagem que o caracterizou por décadas o carismático Lula".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.