Novo presidente do STF trabalhará de forma "desassombrada"

O novo presidente do Supremo Tribunal Federal, Marco Aurélio de Mello, afirmou hoje, logo após ser eleito, que continuará observando sua "consciência" e buscará trabalhar de forma "desassombrada".Marco Aurélio prometeu se curvar apenas à própria consciência e "sejam quais forem os ventos que soprarem" trabalhará para fazer prevalecer a Constituição.Ele foi eleito no início da tarde por nove votos. Não votaram em Marco Aurélio o ministro Moreira Alves, que não está em Brasília, e o próprio ministro.É tradição no STF que o ministro candidato a presidente sempre vote no seu vice, que será o ministro Ilmar Galvão. Marco Aurélio será o 37º presidente do STF no período republicano e o 48º desde o Império.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.