Novo ministro da Previdência apóia contribuição de inativo

O deputado Roberto Brant (PFL-MG), que será convidado ainda hoje pelo presidente Fernando Henrique Cardoso para assumir o Ministério da Previdência Social, disse que é favorável à contribuição previdenciária dos servidores públicos inativos, lembrando que, como parlamentar, sempre votou a favor dessa contribuição. "Um dia os inativos terão que contribuir para a Previdência. Se isso vai ser em 2002, 2005 ou 2010 é uma questão que teremos que examinar mais adiante", observou, as deixar há pouco a sede do PFL, . O senador José Jorge (PFL-PE), que será convidado para assumir o Ministério de Minas e Energia, não quis dar entrevista antes de receber o convite oficial do presidente para o cargo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.