Nove secretários deixam o governo paulista

O governador de São Paulo, Cláudio Lembo (PFL), que assume o posto com a saída de Geraldo Alckmin, pré-candidato do PSDB à Presidência da República, fará nove alterações no secretariado. Alguns secretários vão disputar cargos nas próximas eleições ou participar da campanha do candidato do PSDB à Presidência da República, Geraldo Alckmin. É o caso de João Carlos de Souza Meirelles, ex-secretário de Ciência e Tecnologia, que será um dos coordenadores.A seguir, leia as mudanças: Na Secretaria da Casa Civil, Antonio Rubens Costa de Lara entra no lugar de Arnaldo Madeira; na Secretaria da Justiça, Eunice Prudente entra no lugar de Hédio Silva; na Secretaria da Habitação, Márcio Bueno entra no lugar de Emanuel Fernandes; na Secretaria de Economia e Planejamento, Fernando Carvalho Braga entra no lugar de Martus Tavares; na Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social, Rogério Amato entra no lugar de Maria Helena de Castro; na Secretaria da Educação, Maria Lucia Vasconcelos entra no lugar de Gabriel Chalita, na Secretaria da Juventude, Esportes e Lazer, Antonio de Alcântara Machado entra no lugar de Lars Grael; na Secretaria de Ciência e Tecnologia, Maria Helena de Castro entra no lugar de João Carlos de Souza Meirelles; e na Secretaria da Agricultura, Alberto Macedo entra no lugar de Duarte Nogueira.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.