Nove municípios terão novas eleições neste domingo

Até agora, eleições suplementares já foram marcadas em 25 cidades

Isadora Peron, de O Estado de S. Paulo,

01 de março de 2013 | 18h03

Nove municípios, em quatro Estados, voltam às urnas neste domingo, 3, para eleger novos prefeitos. Nessas cidades, as eleições do ano passado foram anuladas porque os candidatos que conquistaram mais de 50% dos votos válidos tiveram o registro de candidatura negado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Em Santa Catarina, haverá eleições suplementares em quatro cidades: Balneário Rincão, Campo Erê, Criciúma e Tangará. No Rio Grande do Sul, em duas: Eugênio de Castro e Novo Hamburgo. Em Mato Grosso do Sul serão outras duas: Sidrolândia e Bonito. E, na Bahia, o município de Camamu terá novo pleito. Desde o início do ano, esses municípios vêm sendo governados interinamente pelos presidentes das câmaras de vereadores.

Além das eleições deste domingo, já estão agendados novos pleitos em 14 municípios. O calendário das eleições suplementares foi aberto em 3 de fevereiro, quando os eleitores de Guarapari, no Espírito Santo, elegeram Orly Gomes da Silva (DEM) prefeito. Cabe aos TREs marcar novas eleições em seus respectivos Estados. Até agora, 25 eleições suplementares já foram agendadas.

Tudo o que sabemos sobre:
eleições suplementares

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.