Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Novas acusações a Protógenes não mudam investigação, diz PF

Corrêa promete relatório sobre atuação do delegado, mas diz que denúncia de revista não altera rumo

Agência Brasil

09 de março de 2009 | 13h06

A Polícia Federal vai divulgar, nos próximos dias, um relatório conclusivo sobre o processo que apura o desvio de conduta do delegado federal Protógenes Queiroz durante a Operação Satiagraha. A informação foi dada nesta segunda-feira, 9,  pelo diretor-geral da PF, Luiz Fernando Corrêa, após reunião com o presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP). No entanto, Corrêa diz que as informações divulgadas neste fim de semana pela revista Veja não vão mudar o rumo das investigações.    Veja também: Senador vai processar Estado por investigações de Protógenes Em blog, Protógenes se defende de acusações de revista Operação SatiagrahaAs prisões de Daniel DantasOs alvos da Operação Satiagraha "Mesmo que sejam retratos da investigação, as informações são dados produzidos pela Polícia Federal." Ele garantiu que as informações não saíram da PF e que os autos do processo também estão na Justiça. "Temos um regramento processual que nos impõe o sigilo." Reportagem informa que Protógenes teria grampeado ilegalmente integrantes do governo, como a ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, do Judiciário, como o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Gilmar Mendes, e do Legislativo.  Em relação à denúncia de que o senador Jarbas Vasconcelos (PMDB-PE) estaria sendo alvo de grampos ilegais, Corrêa disse que a PF só agirá após comunicação oficial do presidente do Senado ao ministro da Justiça, Tarso Genro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.