Nova denúncia envolve fazendeiros

Os fazendeiros Regivaldo Galvão e Vitalmiro Moura, acusados de mandar matar a missionária Dorothy Stang, em 2005, foram denunciados ontem pelo Ministério Público Federal do Pará à Justiça Federal sob a acusação de manter trabalhadores em condição análoga à de escravidão na Fazenda Rio Verde, em 2004.Os dois negam a acusação e dizem que provarão sua inocência.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.