Notas comprovam que Yeda usou dinheiro público, diz oposição

De acordo com deputados, materiais de construção e móveis eram entregues na casa da governadora

Rodrigo Alvares, do estadao.com.br,

07 Outubro 2009 | 17h52

Os deputados estaduais de oposição à governadora do Rio Grande do Sul, Yeda Crusius (PSDB), que integram a CPI da Corrupção e a Comissão Especial que analisa o pedido de impeachment da tucana disseram durante entrevista coletiva na tarde desta quarta-feira que têm documentos que comprovariam o uso de dinheiro público na reforma da casa de Yeda.

 

Veja Também

linkOposição tenta reverter arquivamento de impeachment de Yeda 

 

Segundo Stela, as notas fiscais obtidas em três lojas de material de construção e móveis de Porto Alegre demonstrariam a compra de materiais de construção e mobília por parte da Casa Militar do Estado, em um valor total que atinge cerca de R$ 100 mil.

 

De acordo com a oposição, os materiais de construção e móveis eram adquiridos através da Casa Militar e entregues na rua Araruama, 806, onde Yeda reside desde 2006.

 

As compras do governo incluiriam cerca de R$ 8 mil em pisos de borracha utilizados em garagens e móveis com tema infantil, que teriam sido utilizados na decoração do quartos dos netos da governadora.

 

Texto alterado às 22h11 para correção.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.