Nota de colunista do 'Estado' circula alterada nas redes sociais

Nota de colunista do 'Estado' circula alterada nas redes sociais

Texto original fala de uma tentativa de acordo de delação premiada sobre propinas ao PSDB; adulterado acrescentou frase que implica o candidato Orlando Morando (PSDB) no esquema

Marianna Holanda, O Estado de S.Paulo

24 Outubro 2016 | 17h10

SÃO PAULO - Circula nas redes sociais uma nota alterada da colunista do Estado Vera Magalhães publicada nesta segunda-feira, 24. O trecho alterado diz que o candidato do PSDB à prefeitura de São Bernardo do Campo (SP), Orlando Morando, seria um dos citados em uma possível delação premiada sobre propinas do partido em São Paulo.

 

Na nota original, a colunista conta que Paulo Preto, ex-diretor da Dersa, estaria negociando com Ministério Público acordo de delação premiada, em que admitiria atuação no esquema de propinas do PSDB em São Paulo.

 

O texto original acaba afirmando que “o clima no PSDB paulista é de tensão total”. Já o texto adulterado acrescentou a frase: “Orlando Morando, um dos expoentes tucanos e muito próximo a José Serra, é um dos possíveis citados nesta delação”.

 

Às vésperas do segundo turno, a cidade berço de Lula e do PT tornou-se palco de embate entre as campanhas do PSDB e do PPS, que disputam as eleições no próximo fim de semana. Há duas semanas, tucanos de São Bernardo espalharam que o PT, que ocupa a gestão atualmente, estaria apoiando Alex Manente (PPS) no segundo turno. Ele nega e o tema virou objeto de disputa nas redes sociais.

Mais conteúdo sobre:
Orlando Morando Psdb

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.