Nome para chefiar Eletrobrás sairá após consulta a Lula

Terminou sem uma indicação clara a reunião entre o ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, e o ministro de Relações Institucionais, José Múcio Monteiro, no Palácio do Planalto. Depois de cerca de uma hora e meia de conversa, Lobão deixou o Planalto confirmando que foi discutida a indicação para o comando da Eletrobrás. Acrescentou, porém, que a confirmação do nome só poderá ser feita na segunda-feira, depois de uma consulta ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva. "Acho que fizemos avanços importantes nessa conversa, mas a palavra final é do presidente Lula", afirmou Lobão. O preferido do ministro para o cargo é o ex-presidente da Eletronorte José Antônio Muniz Lopes.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.