Nome de Lula está colocado para 2014, diz ex-porta voz

O cientista político André Singer, que foi porta-voz da Presidência da República no governo de Luiz Inácio Lula da Silva, disse ontem, 3, em São Paulo que o nome do ex-presidente "está colocado" no cenário das eleições de 2014. Dependendo da evolução da conjuntura política nos próximos meses, acrescentou Singer, "ele vai ficar mais colocado ainda".

ROLDÃO ARRUDA, Agência Estado

04 de julho de 2013 | 09h49

O ex-porta-voz da Presidência fez as afirmações ao participar de um debate na USP, onde é professor, sobre os protestos que estão ocorrendo no País.

Indagado por um pesquisador se Lula estaria promovendo articulações com as centrais sindicais com o objetivo de retornar em 2014, ele respondeu: "Com relação ao ex-presidente Lula, vou dizer com toda a humildade, não sei interpretar. Não creio que seja uma ação deliberada no sentido de se recolocar para 2014".

Logo em seguida, porém, acrescentou: "Em função dos resultados de pesquisas, é evidente que o nome dele está colocado, porque a queda da popularidade, da aprovação do governo Dilma e, diga-se também, de todos os executivos, foi muito forte." E mais: "A depender de como evoluir, vai ficar mais colocado ainda".

Isso não significa, ressalvou, que Lula esteja interessado em retornar: "Não tenho nenhuma condição de avaliar se ele aceitaria ou não uma candidatura nesse momento".

Sobre a queda no índice de popularidade do governo Dilma, ele comentou: "Pode ser algo temporário. É tão inédito que não há como prever. Não é como em situações anteriores em que a causa da queda da popularidade era muito nítida. Por exemplo: um momento de recessão econômica. Nós não estamos em recessão".

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Tudo o que sabemos sobre:
eleições 2014Lula

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.