Nome de Jader não aparece nas investigações da Sudam

O ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra, disse há pouco que o nome do presidente do Senado, Jader Barbalho (PMDB-PA), não foi citado durante as investigações feitas pelo ministério em 95 projetos suspeitos de irregularidades na liberação de recursos da Sudam. O ministro disse ainda que não será feita investigação na Sudene neste momento porque já está em curso uma investigação por uma CPI na Câmara e também porque já foi tomada a decisão de se extinguir o órgão, juntamente com a Sudam. Bezerra ressalvou no entanto, que, caso a CPI da Câmara constate alguma irregularidade, as liberações de verbas da Sudene também serão suspensas e os funcionários envolvidos, afastados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.