No Twitter, Jucá diz que CCJ decidirá sobre Toffoli 'sem pressa'

Senador Francisco Dornelles apresenta seu relatório aos integrantes da comissão nesta quarta-feira

Rodrigo Alvares, estadao.com.br

23 de setembro de 2009 | 11h41

O líder do governo no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR), escreveu na manhã desta quarta-feira no seu perfil no Twitter que a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) votará sem açodamento e sem pressa a indicação de José Antonio Dias Toffoli para ministro do Supremo Tribunal Federal (STF). A indicação de Toffoli pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva para o STF precisa ser aprovada pelo Senado. "Daqui a pouco tem CCJ para ler o relatório indicação de Toffoli para o STF. Votaremos com tranquilidade, sem açodamento e sem apressar procedimentos", antecipou Jucá no Twitter.

 

O relator da indicação de Toffoli na Comissão de Constituição e Justiça, senador Francisco Dornelles (PP), apresenta seu relatório aos integrantes nesta quarta-feira. Vai citar a condenação sofrida por Toffoli e a suspensão da execução da sentença. Mas foi lembrado que não poderá fazer juízo de valor sobre a sentença. Toffoli não deverá participar da sessão. Deverá aproveitar o dia para uma nova rodada de conversas antes da sabatina, que, por um acordo entre governo e oposição, só será realizada no dia 30.

Tudo o que sabemos sobre:
TwitterJucáCCJindicaçãoToffoliSTF

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.