No Rio, Lula participa do Dia Internacional do Holocausto

Dia é celebrado oficialmente em 27 de janeiro, mas, neste ano, como cairá em um domingo, foi antecipado

Agência Brasil

25 de janeiro de 2008 | 10h53

O Dia Internacional de Lembrança das Vítimas do Holocausto será lembrado nesta sexta-feira, 24, com atividades que serão realizadas no Palácio Itamaraty, no centro do Rio de Janeiro. O presidente Luiz Inácio Lula da Silva participa, às 10 horas, da inauguração da exposição Holocausto Nunca Mais e, às 10h30, de cerimônia que marcará a data. O Dia Internacional de Lembrança das Vítimas do Holocausto, como ficou conhecido o extermínio de milhões de judeus e outros grupos considerados indesejados pelo regime nazista durante a Segunda Guerra Mundial, é celebrado oficialmente em 27 de janeiro. Neste ano, como cairá em um domingo, a celebração foi antecipada no Brasil.  A data foi instituída pela Organização das Nações Unidas (ONU) em 2005, para lembrar o dia da libertação dos prisioneiros do campo de concentração nazista de Auschwitz-Birkenau, no sul da Polônia, ocorrida em 27 de janeiro de 1945. As Nações Unidas adotaram nova resolução, em janeiro do ano passado, condenando as declarações que negarem a ocorrência do holocausto. O documento, aprovado por consenso por mais de 100 países, teve o Brasil como co-patrocinador.  Após a cerimônia no Palácio Itamaraty, o presidente Lula tem almoço reservado, às 13h. O retorno a Brasília está previsto para as 15h05.

Mais conteúdo sobre:
Dia Internacional do Holocausto

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.