No Rio, Lula diz que pode vetar corte no Orçamento

Em visita ao Complexo do Alemão, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou que vai vetar a retirada de R$ 3,3 bilhões do Orçamento de 2011, se for mantido o parecer da relatora, a senadora Serys Slhessarenko (PT-MS). "Vocês não podem torcer para as coisas darem errado, nem esquecer que eu tenho poder de veto. O Orçamento vai vir para a minha mão. Vamos esperar para ver o que a relatora vai cortar", afirmou o presidente em entrevista. Lula prometeu: "não vamos cortar dinheiro do PAC. O compromisso da companheira Dilma é pelo desenvolvimento do País".

LUCIANA NUNES LEAL, Agência Estado

21 Dezembro 2010 | 13h35

O presidente anunciou também que vai vetar amanhã o trecho do marco regulatório do pré-sal, que prejudica os Estados produtores na divisão dos royalties. "Vou vetar e mandar para o Congresso um Projeto de Lei restituindo o acordo que foi firmado. Todos os Estados vão ganhar, mas os produtores vão ganhar mais um pouquinho", prometeu o presidente ao lado do governador Sérgio Cabral (PMDB). Lula cumpriu o último compromisso oficial no Rio como presidente da República.

Mais conteúdo sobre:
Orçamento Lula Rio

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.